Filiado à

(48)3222-4552

Geral

Assembleia propõe campanha de valorização das/os trabalhadoras/es da Fahece
31/07/2018

Trabalhadoras e trabalhadores do Hemosc e do Cepon estiveram reunidas/os em assembleia geral na tarde desta terça-feira (31/7), na praça do Hemosc. A Assembleia foi convocada pela diretoria do SindSaúde/SC para definir um posicionamento da categoria em função da falta de respostas da Fahece à pauta de reinvindicações desde 2017. Entre os principais encaminhamentos, as/os trabalhadoras/es elegeram oficialmente uma comissão de negociação e decidiram criar uma campanha de valorização da categoria.

A assembleia permanece em aberto e poderá ser retomada para novos encaminhamentos de acordo com os acontecimentos dos próximos dias. No dia 3 de agosto, a comissão de negociação eleita entregará à Fahece ofício com os encaminhamentos da assembleia, solicitando uma data para primeira reunião de negociação. Também foi encaminhada a formulação de uma denúncia à SES e ao Ministério Público sobre o descumprimento do Plano de Cargos e Salários por parte da Fahece.

Por fim, as trabalhadoras e trabalhadores decidiram realizar paralisações de 2 horas com panfletagem e conscientização dos usuários do serviço caso a Fahece insista em não marcar uma reunião para dar início às negociações.

Histórico de descaso

A pauta de reivindicações das trabalhadoras e trabalhadores do Cepon e do Hemosc, foi entregue à Fahece pelo SindSaúde/SC no dia 7 de março. Isto significa que estamos há mais de 4 meses sem respostas e nem sequer temos uma data confirmada para uma primeira reunião de negociação. Mesmo com insistência, acumulando inúmeros ofícios e idas à Fahece.

Há pontos urgentes na pauta, que influenciam diretamente nas nossas vidas e precisam de atenção, como a perda acumulada de 22,08% no valor do auxílio alimentação em virtude da inflação do período de 2014 até hoje. Apesar da insistência do Sindicato em abrir a negociação com a Fahece, não houve qualquer movimento da fundação para que a negociação comece.

Veja os pontos da pauta de reivindicações:

Reposição da inflação no auxílio refeição: 22,08% de perdas acumuladas desde 2014;

Extensão do auxílio refeição também aos trabalhadores do Cepon;

Possibilidade de substituição do vale transporte por vale combustível;

Prêmio assiduidade;

Possibilidade de substituição do vale refeição por vale alimentação;

Criação do auxílio creche e extensão de auxílio maternidade para 180 dias;

Revisão de Plano de Cargos e Salário com acompanhamento dos trabalhadores.

 

 

[ Mais Notícias ]

(48)3222-4552

secretaria@sindsaudesc.com.br

Rua Frei Evaristo, 77 - Centro - Florianópolis/SC

Rua Castro Alves, 673, Saguaçu - Joinville/SC - CEP: 89221-100 - (47)3025-6444

Rua Sebastião Furtado, 35, Centro - Lages/SC - CEP: 88501-140 - (49)3018-3501

Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento de Saúde Pública Estadual e Privado de Florianópolis e Região