Filiado à

(48)3222-4552

Geral

Reunião para tratar das demandas urgentes de servidores da saúde comprova o descaso do Estado
22/05/2020

Há semanas o SindSaúde/SC vem insistindo junto a SES pelo agendamento de uma reunião de negociação, onde pudéssemos debater as pautas mais urgentes da categoria. Como informamos na live da última terça-feira (19), conseguimos o agendamento desta reunião para a data de hoje. No entanto, fomos surpreendidos, mais uma vez, com a ausência do Secretário de Estado da Saúde.

A reunião ocorreu no espaço onde está funcionando o Centro de Operações de Emergência em Saúde – COES, dentro da Defesa Civil do Estado e não contou sequer com a presença de qualquer técnico da SES que trate costumeiramente das pautas das servidoras e servidores da saúde. A representação do COES na reunião (Gabriela e André) pediram que apresentássemos as demandas, que estão todas listadas em ofícios enviados repetidamente semana após semana, num profundo desrespeito e desconhecimento da realidade dos locais de trabalho.

Apresentamos nossa indignação diante do pouco caso que a SES tem feito das demandas urgentes da categoria, e passamos a discutir sobre as negativas recorrentes de registro de acidentes de trabalho nas unidades. O COES informou que acreditava que isto estava resolvido, que estavam surpresos, mas que verificariam junto à SES como encaminhar isso. Quanto à pauta dos cortes na alimentação de algumas unidades, disseram que o Secretário entende ser uma pauta justa, mas não apresentaram nenhuma medida para resolver o problema. Sobre os problemas com a perícia médica, que tem negado ou reduzido o tempo de afastamento dos servidores sem nem passar pela consulta com o médico perito, apontam que a responsabilidade seria da Secretaria de Estado da Administração. Enfatizamos que o Estado afirmou que criou o COES como órgão superior as Secretarias, e portanto, não há motivo para que eles deixem se assumir a responsabilidade pela situação.

Por fim, o COES se comprometeu a encaminhar resposta formal das nossas pautas até segunda-feira, dia 25. Reiteramos a necessidade de que o Secretário de Estado da Saúde atenda o SindSaúde/SC, que assuma a discussão das demandas dos servidores, inclusive porque parte das demandas são problemas que não surgiram somente em razão da pandemia.

Na última semana já realizamos ato público para denunciar esse descaso, e provavelmente será preciso ampliar nossa mobilização para garantir os direitos básicos. Os servidores e servidoras da saúde querem atender a população e pra isso é preciso ter condições de trabalho garantidas. Fiquem atentos aos chamados do SindSaúde/SC!

[ Mais Notícias ]

(48)3222-4552

Rua Frei Evaristo, 77 - Centro - Florianópolis/SC

Rua Castro Alves, 673, Saguaçu - Joinville/SC - CEP: 89221-100 - (47)3025-6444

Rua Sebastião Furtado, 35, Centro - Lages/SC - CEP: 88501-140 - (49)3018-3501

Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento de Saúde Pública Estadual e Privado de Florianópolis e Região