Filiado à

(48)3222-4552

Geral

Direção do SindSaúde/SC se reúne com representantes do HF
29/05/2020

A direção do SindSaúde/SC participou de uma reunião na quarta-feira (27) com a direção do IMAS / Hospital Florianópolis para discutir as denúncias que recebemos sobre anúncios de desconto de faltas em razão da ausência de transporte, da situação dos trabalhadores do grupo de risco e do treinamento dos funcionários.

 

Sobre o desconto das horas, o relato dos trabalhadores é de em virtude dos horários especiais do transporte, alguns chegam atrasados ou precisam sair minutos mais cedo, porque os horários de algumas rotas não são adequados as escalas de trabalho. A direção do IMAS / HF alega que esse procedimento seria validado pela Medida Provisória 927 porque estariam fazendo isso através de acordos individuais. O SindSaúde/SC deixou claro que isso não é verdade, a MP não autoriza esse tipo de procedimento e temos vários exemplos de outros locais de trabalho em que há a mesma dificuldade com o transporte e os descontos não acontecem. Por fim, o IMAS se comprometeu a corrigir essa situação.

 

O Hospital também afirmou que contrataram um transporte alternativo para buscar e levar os trabalhadores já que as linhas disponibilizadas deixaram de contemplar muitas regiões, e que até aquela data não havia sido realizado qualquer desconto de falta dos trabalhadores.

 

Questionados sobre a situação dos trabalhadores do grupo de risco, informaram que todos os casos foram resolvidos e que eram poucos os trabalhadores que se encontravam nessa situação. Até aquela data, teriam havido 87 afastamentos com suspeitas, com 05 casos positivados. Sobre a possibilidade da extensão da insalubridade em grau máximo para todos os trabalhadores do Hospital, o IMAS diz que já reconhecem para a área assistencial. No que diz respeito aos treinamentos dos funcionários, nos disseram que após serem criados os protocolos já iniciaram o treinamento dos trabalhadores. A Gerência de Enfermagem disse que tem dado suporte aos trabalhadores, e que estes só irão assumir pacientes quando se sentirem seguros.

 

Ao final solicitamos que o IMAS informe aos trabalhadores que não haverá desconto de horas, nem por banco de horas (que em qualquer hipótese seria ilegal) e nem nos contracheques, em relação aos atrasos em virtude do transporte.

 

Caso identifiquem que os compromissos assumidos pelo Hospital não se realizem na prática, informem o Sindicato. Estamos de prontidão!

[ Mais Notícias ]

(48)3222-4552

Rua Frei Evaristo, 77 - Centro - Florianópolis/SC

Rua Castro Alves, 673, Saguaçu - Joinville/SC - CEP: 89221-100 - (47)3025-6444

Rua Sebastião Furtado, 35, Centro - Lages/SC - CEP: 88501-140 - (49)3018-3501

Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimento de Saúde Pública Estadual e Privado de Florianópolis e Região